Teresina - PI

Exército destrói quase 300 armas de fogo apreendidas no Piauí

Ação foi realizada na manhã desta quarta-feira (20), no 25º Batalhão de Caçadores, na Avenida Frei Serafim, no centro de Teresina.

Nayrana Meireles
Teresina
Thais Souza
Teresina
- atualizado

Pelo menos 363 armas foram destruídas na manhã desta quarta-feira (20), no 25º Batalhão de Caçadores, na Avenida Frei Serafim, no centro de Teresina.

De acordo com o tenente Cortez, que é um dos chefes da comissão de recebimento e destruição de armas apreendidas, esses materiais eram utilizados na prática de crimes. “Nós recebemos uma quantidade de armas do Tribunal de Justiça, armas oriundas de práticas de crime em todo o estado, que foram apreendidas. Nós somos os responsáveis por esses materiais, então é montada uma comissão, esse material é todo verificado e depois de tudo, é feita uma destruição parcial do armamento, para que ele seja inutilizado”, afirmou.

Ainda segundo o tenente, a destruição total das armas será feita em Fortaleza, no Ceará. “Aqui no batalhão, é feita a destruição parcial desse material. O gatilho e o cano são quebrados, para que ela se torne inutilizada. Depois guardamos o material e enviamos para Fortaleza, onde é feita a destruição total”, completou.

Pelo menos 10 militares do exército e dois policiais militares participaram da destruição parcial dessas armas no 25º Batalhão de Caçadores.