Teresina - PI

Faixa da alça da ponte Wall Ferraz é interditada para reparos

De acordo com o superintendente executivo da SDU Leste, Ângelo Cavalcante, o local teve que ser isolado para garantir segurança aos trabalhadores e os serviços devem resolver o problema.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Faixa da alça da ponte Wall Ferraz passa por manutenção

Uma das faixas na saída da ponte Wall Ferraz, sentido Sul/Sudeste foi interditada diante do aumento no processo de erosão do solo, iniciado no mês de abril, e que aumentou depois que um caminhão tombou no local e causou rachaduras no asfalto.

Nessa semana, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Leste iniciou um trabalho para reforçar a base da estrutura e teve que isolar parte da via com placas de sinalização, impedindo o fluxo de veículos que aumentou por conta da inauguração da Avenida Padre Humberto.

De acordo com o superintendente executivo da SDU Leste, Ângelo Cavalcante, o local teve que ser isolado para garantir segurança aos trabalhadores e os serviços devem resolver o problema. “A gente tem que fazer esse serviço e para fazer precisa dar uma segurança aos operários, por isso a gente fechou uma das faixas. Tem uma trinca no pavimento, que a gente vai arrumar, as sarjetas também e, logo em seguida, vamos continuar com a recomposição do aterro, com o enrocamento de pedras para proteger. Esse trabalho é um serviço definitivo que vai ser feito na recomposição do aterro”, pontuou.

No entanto, o superintendente informou que há a necessidade de se construir uma galeria no local para evitar problemas, que podem surgir ao longo dos anos. “Agora, a gente pretende fazer uma galeria para canalizar a água até a beira do rio, com a intenção de evitar que possa acontecer novamente esse processo de erosão”, concluiu.

Ainda não há prazo para conclusão dos serviços.