Teresina - PI

Firmino aponta mobilidade urbana como principal desafio de Teresina

Segundo o gestor municipal, a Capital conta com desafios diversos, mas pontua que o problema na mobilidade urbana, com o sistema Inthegra e com o trânsito são as situações mais difíceis.

Davi Fernandes
Teresina
Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

Durante entrevista nesta sexta-feira (16), o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) considerou que a mobilidade urbana é o maior desafio em sua gestão à frente do Palácio da Cidade, que se encerra no próximo ano.

Segundo o gestor municipal, a Capital conta com desafios diversos como saúde, habitação urbana e saneamento básico, mas pontua que o problema na mobilidade urbana, com o sistema Inthegra e com o trânsito são as situações mais difíceis.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Prefeito Firmino FilhoPrefeito Firmino Filho

“Em cada área possui desafios, como a mobilidade urbana, em termos de saúde, em relação a habitação urbana. A cidade tem desafios e a gente tem que perseverar trabalhando nessa construção. O problema do transporte coletivo era e é gigantesco, tivemos um crescimento absurdo de frota na cidade, que deteriorou o sistema de transporte individual e coletivo e nós estamos fazendo uma estratégia de enfrentamento de um problema, essa é a solução”, destacou.

Em relação a outro problema na cidade, o saneamento básico, o prefeito Firmino Filho citou que houve um processo de modificação, onde a Prefeitura de Teresina com o Governo do Estado possui um contrato com a Agespisa e assim aumentaram a cobertura de saneamento na Capital.

“Em relação ao saneamento básico houve um processo de modificação constitucional, que a prefeitura tem um contrato com a Agespisa e o Governo do Estado fez um processo de concessão e em um pouco mais de um ano já tem resultados interessantes com a cobertura de 17 a 18% que subiu para 31% e isso já sinaliza que essa onda de investimentos vai ter consequências positivas”, ressaltou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

GP1 exibe série de reportagens sobre o Inthegra a partir desta sexta

Teresina ocupa 84ª posição em ranking sobre saneamento básico