Teresina - PI

Firmino Filho suspende licitação milionária após denúncia publicada no GP1

O edital restringia a participação de pequenos e médios fornecedores por não dividir o objeto da licitação e era alvo de inúmeras denúncias.

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

Após denúncia do colunista do GP1 Herbert Sousa, apontando fortes indícios de direcionamento, o prefeito Firmino Filho suspendeu a licitação para a ampliação da central de operação de trânsito e transportes em CFTV (circuito fechado de TV) na zona urbana, marcada para ontem (23), no valor estimado em R$ 34.413.235,60 (trinta e quatro milhões, quatrocentos e treze mil, duzentos e trinta e cinco reais e sessenta centavos).

O edital restringia a participação de pequenos e médios fornecedores por não dividir o objeto da licitação e era alvo de inúmeras impugnações.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Firmino FilhoFirmino Filho

A adjudicação por itens, nos termos do art. 23, § 1º, da Lei 8.666/1993 e da Súmula/TCU 247, quando o objeto é divisível e não há prejuízo para o conjunto a ser licitado, é obrigatória.

Segundo aviso publicado ontem, a pregoeira Nayara Daniela Barros Silva, da Comissão Permanente de Licitação, da Secretaria da Administração e Recursos Humanos, comunica que o processo foi suspenso “em razão de impugnações apresentadas, sendo o teor das mesmas pertinentes, necessitando melhor detalhamento por parte da Strans/PMT”.