Teresina - PI

Flamengo-PI será julgado por injúria racial no Campeonato Piauiense

Na ocasião, um zagueiro do Piauí foi chamado de macaco enquanto estava saindo do gramado.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) divulgou nesta sexta-feira (15), os casos que serão julgados na próxima terça-feira, 19 de março, na Federação de Futebol do Piauí. Entre os casos está uma denúncia de injúria racial que foi cometida por um torcedor do Flamengo-PI, no estádio Lindolfo Monteiro, durante um jogo que aconteceu no dia 18 de fevereiro contra o Piauí, pela sexta rodada do Campeonato Piauiense.

Na ocasião, um zagueiro do Piauí foi chamado de macaco enquanto estava saindo do gramado, após ter sido expulso pela arbitragem da partida. O Flamengo pode ser punido com a perda de mandos de campos, além de multa que varia entre R$ 100,00 e R$ 100.000,00.

O juiz Ideilon Helton Alves Lima relatou na súmula do jogo o caso de injúria racial, que foi denunciado pelo zagueiro do Piauí. O documento foi enviado para TJD-PI, que irá realizar a análise do caso.

Altos multado

Na segunda-feira, 11 de março, a 1º Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu punir a Associação Atlética de Altos em R$ 1 mil pela invasão da torcida altoense ao gramado no final da partida contra o Santos pela primeira fase da Copa do Brasil. O jogo aconteceu no dia 6 de fevereiro, no estádio Albertão, em Teresina.

O clube foi autuado com base no Art. 213, inciso II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). A denúncia foi realizada pelo árbitro da partida, Jean Pierre Gonçalves, que relatou na súmula do jogo a entrada de torcedores não uniformizados em campo após o término da disputa.