Paquetá - PI

Foragido acusado de estupro no Piauí é preso em Tocantins

Edilson Custódio Fernandes Filho é acusado de abusar sexualmente de uma adolescente de 14 anos por cerca de 2 horas em Paquetá, centro-norte do Estado.

ANDRÉ DOS SANTOS
- atualizado
  • Foto: SSP/TocantinsEdilson Custódio Fernandes FilhoEdilson Custódio Fernandes Filho

Nesta segunda-feira (26), policiais civis da Delegacia Interestadual da Polinter de Tocantins, efetuaram a prisão de Edilson Custódio Fernandes Filho, 34 anos. O indivíduo foi condenado por estupro, crime praticado na cidade de Paquetá, que fica a 309 quilômetros de Teresina, no centro-norte do Estado. Ele foi capturado na residência dele em Palmas, capital do Tocantins.

De acordo com o delegado Reginaldo, a Polinter recebeu informações de que um foragido da Justiça do Piauí estaria residindo em Palmas. Eles intensificaram os levantamentos a fim de localizar o indivíduo. Após descobrir a localização de Edilson, os agentes foram até a casa para efetuar sua prisão.

Ao perceber a aproximação dos policiais, o homem se escondeu dentro de um guarda roupas para evitar a prisão. Ele foi encontrado e levado para a sede da Polinter, onde o delegado cumpriu o mandado de prisão. Edilson foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Relembre o caso

Conforme informações da Polícia Civil, no dia 8 de março de 2011, Edilson Fernandes estava em frente a sua metalúrgica em Paquetá, quando uma adolescente de 14 anos passava em frente ao local. Ele puxou a garota pelo braço e a arrastou para dentro da metalúrgica. Armado com um facão, o acusado abusou sexualmente da adolescente por cerca de 2 horas.

Após alguns dias o homem foi preso, mas tempos depois, estava respondendo ao processo em liberdade quando fugiu para Palmas, onde trabalhava como serralheiro.