Teresina - PI

Funcionários da Vikstar reclamam de parcelamento da rescisão

Um funcionário, que optou por não ser identificado, informou que muitos estão sendo coagidos a aceitar o parcelamento.

Érica Santos
Teresina
- atualizado

Funcionários da empresa Vikstar Contac Center denunciaram ao GP1 nesta sexta-feira (11), que a empresa está realizando demissões em massa desde o início de janeiro e que por não conseguir arcar com o pagamento rescisório, está coagindo os funcionários a aceitarem o parcelamento desse valor.

Segundo um funcionário, que optou por não ser identificado, a gerente da empresa informou que está seguindo apenas ordens da diretoria. “A gerente disse que não é responsável por esta mudança. Até onde ela sabe, realmente não se parcela. Mas segundo ela, foram ordens da diretoria e gestão da empresa”, relatou.

Outro funcionário disse que foi coagido a aceitar o parcelamento. “Por lei, o pagamento de rescisão parcelada não é permitido. A gerente chegou a perguntar quem estava de acordo com a homologação, mas disseram que independente da aceitação ou não, haveria o parcelamento”, completou.

Outro lado

A administração da Vikstar não foi localizada pelo GP1.

Mais conteúdo sobre: