Piauí

Governador Wellington Dias lança Carteira de Identificação do Autista

O lançamento da carteira faz parte da programação alusiva ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado em 3 de dezembro.

Fábio Wellington
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Willyam Ricardo
Teresina
- atualizado

A Carteira de Identificação do Autista (CIA) Foi lançada na manhã desta segunda-feira (02), no Palácio de Karnak, pelo governador Wellington Dias. O objetivo do documento é identificar, no âmbito do estado do Piauí, a pessoa diagnosticada com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

A identificação assegura o atendimento prioritário nos serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social, além de promover a inclusão social da pessoa com autismo. O lançamento da carteira faz parte da programação alusiva ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado em 3 de dezembro.

  • Foto: Alef Leão/GP1Criança autista recebendo a carteirinhaCriança autista recebendo a carteirinha

Para o governador Wellington Dias (PT) esse foi mais um importante dado no estado do Piauí no apoio aos autistas. “Olha, nós temos aqui, como eu disse um passo importantíssimo, porque a carteirinha para autista pode parecer uma coisa simples, mas ela vai servir como documento de identificação, e deve ajudar a quebrar os preconceitos. Já que os autistas são olhados de forma diferente, muitas vezes são olhadas de forma estranha, muitas vezes com reações das pessoas, porque não conseguem detectar que seu filho ou sua filha podem precisar desse atendimento especial”, contou o governador.

  • Foto: Alef Leão/GP1Governador Wellington Dias Governador Wellington Dias

“São pessoas que precisam de uma oportunidade. Muitas vezes, inclusive, são pessoas superdotadas, com uma inteligência privilegiada. E é assim que o Piauí quer trabalhar, vencer barreiras e trabalhar cada vez mais com as condições de qualidade de vida para todas as pessoas”, finalizou Wellington Dias.

A CIA foi instituída por meio da lei estadual nº 7246, de 3 de setembro de 2019, de autoria do deputado estadual Fernando Monteiro, e regulamentada pelo decreto estadual nº 18.593, de 18 de outubro de 2019.

Transtorno do Espectro Autista (TEA)

O TEA refere-se a uma série de condições caracterizadas por alterações na comunicação e interação social, bem como padrões restritos e repetitivos de comportamentos, que em alguns casos torna-se imperceptível, dependendo da intensidade dos sintomas, permitindo que algumas pessoas com autismo viva de forma independente.

Mais conteúdo sobre: