Piauí

Governo envia reforços para cidades afetadas por inundações no Piauí

O Rio Marataoan teve um aumento e alcançou a cota de 5,45. Já o rio Longá subiu e chegou a cota de 8,90 metros, 1,20 metros acima da cota de inundação. Muitas famílias foram afetadas pelas cheias.

Willyam Ricardo
Teresina
- atualizado

O governador Wellington Dias (PT) determinou o envio de reforços do Corpo de Bombeiros do Piauí para atuarem em conjunto com a Defesa Civil estadual e municipal nas cidades de Barras, Batalha e Esperantina.

Segundo informações cedidas por Geraldo Magela, secretário de Defesa Civil do Piauí, os rios estão acima da cota de inundação. O rio Marataoan teve um aumento e alcançou a cota de 5,45 metros na tarde do último domingo (22), já o rio Longá subiu e chegou a cota de 8,90 metros, 1,20 metros acima da cota de inundação. Muitas famílias foram afetadas pelas cheias.

  • Foto: Divulgação/AscomRio LongáRio Longá

“As fortes chuvas que atingiram a região Norte do estado, neste último final de semana, criaram diversos transtornos nos município de Barras, Batalha e Esperantina. O governador também determinou que o Corpo de Bombeiros mandassem reforços para atuar junto com as equipes que estão no local e junto com as equipes do município para a retirada dessas famílias em locais de risco. Há muitas pessoas afetadas, sejam desabrigadas, sejam desalojadas ou isoladas por conta das cheias. A Defesa Civil estadual já mandou para esses municípios kits de ajuda humanitária para atender essas famílias”, explicou o secretário.

Ainda de acordo com Geraldo Magela, as famílias alagadas serão encaminhadas para alojamentos específicos. A recomendação do secretário é que, durante esse socorro, não haja aglomerações. “Também é importante informar que solicitamos que a Defesa Civis municipais levassem essas pessoas para locais isolados e que não colocassem famílias distintas no mesmo alojamento para evitar a proliferação de doenças, especialmente, a pandemia Coronavírus”, finalizou.

NOTÍCIA RELACIONADA

Rio Longá volta a subir e invade ruas de Esperantina