Polícia

Grupo armado tenta invadir presídio no Pará e 21 pessoas são mortas

Os presos organizaram uma fuga em massa e o grupo armado iria ajudar nessa ação, tentando invadir a unidade prisional e dando apoio para a fuga.

BÁRBARA RODRIGUES
DE TERESINA
- atualizado

Um grupo fortemente armado tentou invadir o Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III (CRPP III), no Complexo Prisional de Santa Izabel, na cidade de Belém, com o objetivo de realizar a fuga de presos nesta terça-feira (10). Cerca de 21 pessoas foram mortas e cinco ficaram feridas.

Segundo informações do G1, os presos organizaram uma fuga em massa e o grupo armado iria ajudar nessa ação, tentando invadir a unidade prisional e dando apoio para a fuga. O grupo usou explosivos no muro de acesso ao solário do Pavilhão C. Já os presos, tinham armas e agiram contra os agentes penitenciários, o que ocasionou uma intensa troca de tiros.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) informou que um agente penitenciário, cinco detentos e 15 suspeitos de tentarem invadir o local foram mortos durante essa ação. Além deles, cinco agentes de segurança ficaram feridos, sendo que um deles está em estado grave.

A situação dos presos não foi informada, mas após a situação ter sido controlada, foi realizada uma contagem de presos. A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) ainda não confirmou se houve fuga de detentos e nem mesmo quantos participaram da ação. Cerca de sete armas que estavam com os acusados, sendo 2 fuzis, 3 pistolas e 2 revólveres, foram recuperados.

Mais conteúdo sobre: