Política

Henrique Pires defende discussão sobre reforma administrativa

Na segunda-feira (11), o governador Wellington Dias se reuniu com secretários e deputados para apresentar o texto da reforma administrativa.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O deputado estadual Henrique Pires (MDB) afirmou nesta terça-feira (12) que após a reunião com o governador Wellington Dias (PT), os deputados aguardam os documentos referentes a reforma administrativa para que seja dado início a discussão das mudanças que serão realizadas.

Na segunda-feira (11), o governador Wellington Dias se reuniu com secretários e deputados para apresentar o texto da reforma administrativa, que deve ser encaminhada à Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), ainda esta semana. O governador pretende extinguir 19 órgãos estaduais e prevê um corte de 2.304 cargos no governo.

  • Foto: Helio Alef/GP1Henrique PiresHenrique Pires

As mudanças só vão acontecer se os deputados estaduais aprovarem em votação no plenário, por isso o governador se reuniu com os aliados para apresentar e explicar o que será feito para cortar gastos. “Ontem tivemos a primeira apresentação, em linhas gerais, por parte da equipe do governador Wellington Dias e vamos aguardar a proposta chegar aqui nesta Casa. Serão cinco mensagens que virão, inclusive são duas Propostas de Emenda à Constituição que precisam de um quórum qualificado para que a gente possa analisar, mas o importante é que elas cheguem aqui para a gente discutir da melhor forma possível”, disse Henrique Pires.

Wellington Dias já antecipou que vai convocar um número bem inferior de deputados e suplentes para tomarem assento tanto na Câmara Federal, quanto na Assembleia Legislativa. Henrique Pires explicou que as discussões em relação a isso, só devem acontecer após a reforma ser aprovada.

“Nós vamos aguardar primeiro chegar aqui [na Alepi] a reforma. Nós só vamos saber se vai ter convocação de deputados para secretarias depois da reforma, qualquer opinião antecipadamente está sem base. Temos que aguardar a reforma acontecer para que possa ter qualquer posicionamento sobre qualquer convite que seja feito”, destacou o parlamentar.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Veja o que vai mudar com a reforma administrativa de Wellington Dias

Wellington Dias se reúne com aliados para apresentar reforma

Marcelo Castro afirma que MDB apoiará reforma de Wellington Dias

Mais conteúdo sobre: