Caracol - PI

Homem é condenado a 14 anos de prisão por homicídio em Caracol

O julgamento aconteceu na última sexta-feira (28), no Tribunal Popular do Júri de Caracol.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Tribunal Popular do Júri de Caracol condenou Genildo Pereira da Trindade a 14 anos de prisão pelo crime de homicídio qualificado contra Manoel Antônio Ferreira dos Santos ocorrido em outubro de 2014. O julgamento aconteceu na última sexta-feira (28).

Genildo foi condenado pela prática do crime de homicídio qualificado por motivo fútil e utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, tendo em vista que no dia 25 de outubro de 2014, nas proximidades de uma residência situada no Assentamento Saco, zona rural do município de Caracol, assassinou Manoel com um disparo de arma de fogo, por conta de uma reclamação acerca de uma sujeira causada por parte na água da fonte que abastecia o assentamento rural.

Genildo está preso provisoriamente desde o dia 10/11/2014. O início de cumprimento da pena é o regime fechado. O Grupo de Apoio aos Promotores de Justiça com Atuação no Tribunal do Júri (GAEJ) foi representado pelo promotor de Justiça José Sérvio de Deus Barros.