Teresina - PI

Homem é condenado a 19 anos de prisão por matar jovem em Teresina

O julgamento aconteceu, nesta sexta-feira (13), e o Conselho de Sentença, por maioria de votos, reconheceu a materialidade do homicídio, a autoria atribuída ao acusado.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O juiz de direito Robledo Moraes Peres de Almeida, da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, condenou Luan Oliveira Gallian a 19 anos e 3 meses de reclusão, em regime fechado, pelo crime de homicídio praticado contra Ismael Bruno Pinheiro Xavier, em fevereiro de 2016.

O julgamento aconteceu, nesta sexta-feira (13), e o Conselho de Sentença, por maioria de votos, reconheceu a materialidade do homicídio, a autoria atribuída ao acusado, bem como decidiu pela condenação do réu.

O magistrado negou ao réu o direito de recorrer em liberdade e foi mantida a prisão preventiva de Luan por continuarem presentes os requisitos da custódia cautelar.

O crime

Ismael Bruno Pinheiro Xavier, 23 anos, foi morto com um tiro na cabeça, no dia 19 de fevereiro de 2016, na Avenida São Francisco, bairro Dirceu II, zona sudeste de Teresina.

Na época do crime, o subtenente Hernandes, lotado no 8° Batalhão da Polícia Militar, informou que Ismael andava na calçada, próximo à sua casa, quando foi surpreendido por uma dupla, em uma moto vermelha. Ele foi alvejado com um tiro na cabeça e levado em estado grave ao HUT, mas não resistiu e morreu no hospital.

NOTÍCIA RELACIONADA

Jovem é morto com tiro na cabeça em Teresina

Mais conteúdo sobre: