Caracol - PI

Homem é condenado a 21 anos de prisão por matar ex-mulher no Piauí

O julgamento foi feito pelo Tribunal Popular do Júri de Caracol e presidido pelo juiz Danilo Melo de Sousa.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

Adaildo Paes Landin foi condenado, nessa quarta-feira (10), a 21 anos e 10 meses pelo assassinato da ex-esposa Ivaneide Campos Paes Landim em maio de 2016. O julgamento foi feito pelo Tribunal Popular do Júri de Caracol e presidido pelo juiz Danilo Melo de Sousa.

Consta na denúncia do Ministério Público do Estado do Piauí que Adaildo e Ivanilde foram casados há 30 anos e que o relacionamento era marcado por longo histórico de violência moral e física por parte do marido. O casal já estava separado, mas viviam na mesma em casa dormindo em cômodos diferentes.

No dia do crime, Adaildo chegou de uma festa e levado pelo sentimento de posse que nutria em relação à vítima desferiu várias facadas em Ivaneide, que morreu por choque hipovolêmico, segundo consta no laudo cadavérico.

Após matar a vítima, Adaildo se auto lesionou provocando um grave corte no próprio pescoço. Ele foi encaminhado para o Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato.

O conselho de sentença acolheu tese do Ministério Público e condenou Adaildo por feminicídio. A sentença foi proferida pelo juiz Danilo Melo.