Teresina - PI

Homem é preso por estuprar a filha de 2 meses em Teresina

Segundo informações da Polícia Civil, o homem, de 23 anos, foi condenado pela Justiça a oito anos de prisão. Ele confessou o crime e argumentou que tinha dúvidas se era o verdadeiro pai da criança.

Nayrana Meireles
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Um homem identificado pelas iniciais R. P. D. S. L, de 23 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (17), por investigadores da Gerência de Polícia Especializada (GPE). Ele foi condenado pelo estupro da própria filha, de apenas dois meses de idade, ocorrido em março de 2014, em Teresina.

Segundo informações do delegado Matheus Zanatta, o indivíduo foi preso por meio de um mandado de prisão no bairro Lourival Parente, zona sul da Capital e encaminhado à Central de Flagrantes. Ele foi condenado pela Justiça a oito anos de cadeia por estuprar a filha em março de 2014 dentro da própria residência, localizada no bairro Parque Jurema, zona sudeste de Teresina.

  • Foto: Alef Leão/GP1Matheus ZanattaMatheus Zanatta

A criança tinha apenas dois meses de idade na época e o estupro causou severas lesões no bebê. O condenado confessou o crime e argumentou que tinha dúvidas se era o verdadeiro pai da criança.

O delegado explicou que o indivíduo estava foragido desde janeiro deste ano. "Em março de 2014 ele foi acusado de cometer esse estupro de vulnerável contra sua filha, de 2 meses, na época. A criança teve lesões graves confirmadas pelo exame pericial. No interrogatório ele confessou os fatos e relatou com detalhes como o crime aconteceu. Um dos motivos que ele alegou para ter feito isso era a dúvida sobre a paternidade da criança. Em abril de 2016 ele foi condenado por esse fato e ontem foi preso por meio de mandado de prisão na região do Lourival Parente, onde ele estava trabalhando de ajudante de pedreiro", disse.

"Ele estava foragido desde janeiro desse ano e ontem conseguimos efetuar a prisão. O crime foi descoberto porque houve lesão grave, que chamou a atenção da mãe, que levou a criança até o hospital e foi descoberto o crime", completou.