Teresina - PI

Homem encontrado carbonizado havia sido preso por homicídio no Dirceu

O delegado Robert Lavor informou que Paulo Julião Ferreira, 34 anos, encontrado carbonizado no Residencial Leonel Brizola, era suspeito de um homicídio em 2016.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Em entrevista ao GP1 nesta segunda-feira (19), o delegado Robert Lavor, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP – informou que Paulo Julião Ferreira, 34 anos, encontrado carbonizado no Residencial Leonel Brizola, era suspeito de um homicídio em 2016, quando assassinou João Carlos Prado Cunha, de 19 anos a tiros no bairro Dirceu II.

“A prisão foi feita por outra equipe, quando ainda era a Delegacia de Homicídios que fez o inquérito e prendeu o Paulo Julião, isso no ano de 2016. A irmã dele, veio pegar o corpo no feriado para levar para o Ceará, que eles são de lá. Os parentes não quiseram entrar muito em detalhes, pois não sabiam da vida dele em Teresina”, informou ao GP1.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegado Robert LavorDelegado Robert Lavor

Paulo Julião é natural de Juazeiro do Norte, no estado do Ceará e vivia na capital piauiense desde o ano de 2006, onde residia no Loteamento Bela Vista, zona sul de Teresina.

As investigações devem apontar a partir de agora a dinâmica do crime e os suspeitos de participar do homicídio da vítima que, atualmente, prestava serviços como segurança.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Homem é encontrado totalmente carbonizado em TeresinaHomem é encontrado totalmente carbonizado em Teresina

Prisão em 2016

De acordo com a Polícia Civil, Paulo havia sido preso no bairro Parque Piauí, zona sul da Capital. Ele era acusado de assassinar a tiros João Carlos Prado Cunha, de 19 anos, no bairro Dirceu II, zona sudeste de Teresina, no dia 20 de janeiro de 2016, quando a vítima pilotava uma motocicleta com sua mãe na garupa.

Paulo perseguiu João Carlos em um veículo Fiat Palio, cor preta, e efetuou vários disparos contra a vítima. Ainda segundo a polícia, a vítima era suspeita de ter matado um integrante da quadrilha do acusado.

Entenda o caso

O corpo de um homem foi encontrado carbonizado por volta de 10h40 do dia 9 de agosto, em uma invasão próximo ao Residencial Leonel Brizola, na região da Santa Maria da Codipi, zona norte de Teresina.

Segundo informações do sargento Marques, do 13º Batalhão da Polícia Militar, o corpo foi arrastado para um buraco, onde foi incendiado. As partes íntimas foram destruídas e o rosto ficou irreconhecível.

"Fomos informados que havia um corpo carbonizado aqui. A vítima foi arrastada, jogada em um buraco e teve o corpo incendiado. As partes íntimas da vítima foram completamente destruídas, o rosto está queimado e corpo irreconhecível", relatou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Corpo encontrado carbonizado no Leonel Brizola é identificado no IML

Corpo carbonizado é encontrado no Residencial Leonel Brizola

Acusado de homicídio é preso no bairro Parque Piauí em Teresina

Homem é morto a tiros na zona sudeste de Teresina

Mais conteúdo sobre: