Demerval Lobão - PI

Homem encontrado em matagal em Demerval Lobão pode ter morrido de fome

Raimundo Nonato saiu de casa há cerca de 10 dias e desde então seus familiares passaram a procurá-lo, mas sem sucesso.

Brunno Suênio
Teresina

A polícia suspeita que o senhor identificado como Raimundo Nonato da Silva, 57 anos, que foi encontrado sem vida nessa terça-feira (28), no Povoado Taboca, na cidade de Demerval Lobão, pode ter morrido de fome.

De acordo com o comandante da Polícia Militar de Demerval Lobão, tenente Hortêncio, Raimundo Nonato saiu de casa há cerca de 10 dias e desde então seus familiares passaram a procurá-lo, mas sem sucesso. Na tarde de ontem, a dona de uma casa que fica ao lado do terreno onde o corpo foi encontrado acionou a Polícia Militar, informando sobre o caso.

“Os familiares dele já tinham ido até a delegacia informar sobre o desaparecimento e ontem á tarde, por volta de 14h, chegou uma senhora informando que tinha encontrado um corpo. Informei ao delegado, que comunicou à família que estava procurando uma pessoa desaparecida, e uma moça reconheceu como sendo o pai dela”, explicou o comandante.

Ainda de acordo com o tenente Hortêncio, o senhor de 57 anos teve um surto, saiu de casa e pode ter morrido de fome, a aproximadamente 7km da zona urbana de Demerval Lobão. “Ele deve ter morrido de fome, tinha surtado, saiu de casa e foi encontrado dentro do mato, longe de casa. Lá não havia vestígio de nada que apontasse para crime”, acrescentou.

Raimundo Nonato da Silva morava na Rua da Glória, em Demerval Lobão. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Teresina, e em seguida liberado para os familiares.