Piauí

Ibama vai contratar brigadas para combater incêndios no Piauí

O Piauí vai receber o auxílio dos brigadistas por estar entre os estados declarados em estado de emergência ambiental pelo Ministério do Meio Ambiente.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama – autorizou a contratação de brigadistas temporários para as ações de combate a incêndios florestais nos municípios de Uruçuí, Floriano e Alvorada do Gurguéia.

O Piauí vai receber o auxílio dos brigadistas por estar entre os estados declarados em estado de emergência ambiental pelo Ministério do Meio Ambiente, conforme a Portaria nº 153, de 18 de março de 2019, publicada em 9 de abril de 2019.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Incêndio atingiu vegetação na beira da estradaIncêndio atingiu vegetação na beira da estrada

Além do Piauí, os outros estados que vão receber as ações de combate a incêndios florestais são: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Tocantins e o Distrito Federal.

A autorização do Ibama foi publicada no Diário Oficial da União na sexta-feira (23). Conforme o documento, as brigadas temporárias terão a estrutura de um brigadista chefe, dois brigadistas de esquadrão e dez brigadistas.

Mais conteúdo sobre: