Eleições 2020

Ibope aponta reeleição já no primeiro turno em cinco capitais

Prefeitos têm nessas cidades mais de 50% de votos válidos; segundo turno é provável em outras sete.

Por  Estadão Conteúdo

Pesquisas de intenção de voto divulgadas nesse sábado, 14, mostram que em pelo menos cinco capitais os prefeitos devem ser reeleitos já no primeiro turno. Em Belo Horizonte, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) tem a situação mais confortável, com 72% dos votos. O Ibope também aponta reeleição em Curitiba, Campo Grande, Florianópolis e Natal. Os levantamentos mostram que os atuais chefes do Executivo devem ir ao segundo turno em outros sete municípios.

São Paulo e Rio estão entre as capitais que devem ter os atuais mandatários na disputa de segundo turno. Na capital paulista, o Ibope aponta Bruno Covas (PSDB) na liderança da disputa, com 32%, enquanto Marcelo Crivella (Republicanos) aparece em segundo lugar na preferência dos cariocas, com 16%. Cuiabá, Palmas, Porto Velho, Rio Branco e Aracaju tem situações similares.

A eleição, em meio às dificuldades criadas pela pandemia do novo coronavírus, favorece os candidatos conhecidos do público. São competidores com acesso a alianças partidárias maiores e com controle das máquinas públicas municipais.

Porto Alegre é uma das exceções. O prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) parece cada vez mais distante da reeleição. No Rio, Crivella está empatado tecnicamente com mais duas candidatas na briga pelo segundo turno e enfrenta uma rejeição de 59%.

O cenário tem se mostrado desfavorável aos “outsiders”. Levantamento feito pelo Estadão mostra que em apenas três capitais candidatos que nunca disputaram uma eleição aparecem nas duas primeiras colocações.

Mais conteúdo sobre: