Teresina - PI

Irmã da desembargadora Eulália Pinheiro tem carro roubado

Em entrevista ao GP1, o capitão Frazão, informou que os criminosos estavam em outro veículo, um deles abordou a vítima, conseguindo roubar o carro e celular da vítima.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

A irmã da desembargadora do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), Eulália Pinheiro, foi abordada por bandidos armados e teve seu veículo e celular roubados na tarde desta quinta-feira (13) ao sair de sua residência, no bairro São João, zona leste de Teresina. Inicialmente, o comandante da Força Tarefa havia relatado que a desembargadora tinha sido alvo dos assaltantes, fato que foi retificado pela Polícia Militar, que afirmou ter sido a irmã da magistrada a verdadeira vítima dos assaltantes.

Em entrevista ao GP1, o comandante da Força Tarefa da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI), capitão Frazão, informou que os criminosos estavam em outro veículo, um deles abordou a vítima, conseguindo roubar o carro, modelo Logan e seu aparelho celular.

“Recebemos a informação de que ela estava saindo de casa, quando os indivíduos abordaram ela. Eles estavam utilizando outro veículo, só que no momento a vítima não conseguiu identificar. Ao todo foram subtraído da vítima o carro e o telefone”, informou.

Ainda conforme o capitão Frazão, após algumas diligências das equipes da Força Tarefa, o veículo da irmã da magistrada foi encontrado abandonado no Vale Quem Tem, bairro situado também na zona leste de Teresina. “O carro já foi encontrado, ele ficou abandonado na região do Vale Quem Tem. No carro de apoio em que estavam os elementos, um desceu, abordou ela e levou o carro. No momento a vítima não conseguiu identificar o veículo”, ressaltou.

Após o carro ser encontrado, o caso vai passar a ser investigado pela Polícia Civil do Piauí. A Força Tarefa segue trabalhando para localizar os acusados.