Pimenteiras - PI

Jovem de 19 anos é estuprada por dois homens em Pimenteiras

A vítima fez o exame de corpo e delito que comprovou o estupro. Na manhã deste domingo (09), dois irmãos foram presos acusados de ter cometido o crime.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

Uma jovem de 19 anos foi estuprada por dois homens na tarde deste sábado (08) dentro de uma residência no município de Pimenteiras. Na manhã deste domingo (09), dois irmãos identificados como Antonio Agenilton Alves Martins, de 24 anos, e Antonio Agildo Alves Martins, de 21 anos, foram presos suspeitos de ter cometido o crime.

Segundo informações do capitão Antônio Santos, comandante da 2ª Companhia do 4º Batalhão Policial Militar, a jovem registrou um Boletim de Ocorrência informando que o crime ocorreu por volta das 16h, quando estava andando em uma rua na cidade de Pimenteiras. Ela disse que no momento estava dopada, pois estava sob efeitos de uma grande quantidade de medicamentos que havia ingerido.

A jovem disse que foi abordada por dois homens em uma rua e que eles levaram ela para uma casa. “Ela relatou em Boletim de Ocorrência que não se lembra ao certo, mas sabe que foram dois homens que a pegaram na rua e a levaram para uma casa. Que se lembrava que um dos homens tirou suas roupas e lhe agarrou. Disse que ainda tentou se soltar, mas não conseguiu. Ela reconheceu um dos homens, que se chama Ademilton, tendo chegado a vê-lo nu”, informou o capitão Santos.

A vítima fez o exame de corpo e delito que comprovou o estupro. “A vítima foi encontrada por sua irmã que a levou para o hospital de Pimenteiras. Durante o atendimento hospitalar, o médico encaminhou a vítima para Teresina, aonde foi constatado o estupro conforme laudo do IML”, informou o capitão.

Após a comprovação do estupro os dois irmãos, Agenilton e Agildo, foram presos por volta das 7h30 desse domingo por uma equipe do 4º BPM formada pelo sargento Da Cruz, sargento Claudiomar e o cabo Wlisses. O estupro teria acontecido na residência deles em Pimenteiras. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Valença.

Mais conteúdo sobre: