Teresina - PI

Juiz arquiva inquérito que investigava assassinato de jovem no Mocambinho

A decisão foi dada pelo juiz Jorge Cley Martins Vieira, da Central de Inquéritos do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI).

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O juiz Jorge Cley Martins Vieira, da Central de Inquéritos do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) arquivou o inquérito que investigava a morte de Edcleisson Cavalcante de Aguiar, 25 anos, que foi assassinado com disparos de arma de fogo na cabeça, na Vila Mocambinho, zona norte de Teresina. A decisão é do dia 28 de maio deste ano e foi publicada no Diário Oficial de Justiça do dia 10 de agosto.

Conforme os autos, durante a investigação do crime, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP – recebeu uma denúncia anônima que apontou três suspeitos pelo crime, porém, não foi confirmada a informação.

  • Foto: Davi Fernandes/GP1Local onde ocorreu o crimeLocal onde ocorreu o crime

O Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) se mostrou favorável pelo arquivamento pois, “observa-se que, embora esforços tenham sido empreendidos, não foi possível comprovar quem fora o autor do homicídio em persecução. Verifica-se, dessa forma, que, no presente caso, ainda que indubitável a materialidade criminosa quanto ao crime de homicídio consumado (tendo em vista o Laudo de Exame Pericial Cadavérico juntado às folhas 50/51), não há elementos probatórios que possam sustentar a autoria delitiva. Por tudo isso, denota-se ausência de lastro probatório mínimo de autoria a ensejar a denúncia”, destacou.

Relembre o caso

Edcleisson Cavalcante de Aguiar, 25 anos, foi executado com pelo menos três tiros na cabeça na tarde de 18 de junho de 2019, na Vila Mocambinho, próximo ao dique do Rio Poti, na zona norte de Teresina.

A área foi isolada pela PM que acionou a perícia criminal, juntamente com os investigadores do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP, que já iniciaram os levantamentos sobre o crime.

Em entrevista ao GP1, o delegado Hildson Rodrigues afirmou que dois homens se aproximaram da vítima em um carro e em seguida efetuaram os disparos em Edcleison, que havia sofrido uma tentativa de homicídio no último dia 30 de outubro de 2018, no mesmo local onde foi morto.

NOTÍCIA RELACIONADA

Homem é executado com tiros na cabeça na Vila Mocambinho

Mais conteúdo sobre: