Santa Rosa do Piauí - PI

Juiz suspende direitos políticos de Edgar Castelo Branco por 5 anos

A sentença foi dada em 01 de junho deste ano pela juíza federal Vládia Maria de Pontes Amorim, da 3ª Vara da Seção Judiciária do Piauí.

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

O ex-prefeito de Santa Rosa do Piauí, Edgar Castelo Branco (PP), foi condenado pela Justiça Federal, após ser alvo de ação civil por improbidade administrativa, juntamente com a ex-prefeita Maria Telma Tenório Pinheiro, por irregularidades na aplicação de recursos do SUS, nos anos de 2006 e 2007.

Edgar, que ocupava a época a secretaria municipal de saúde, adquiriu medicamentos e combustíveis sem licitação e aplicou verbas em despesas incompatíveis com as finalidades previstas na legislação, conforme constatado em auditoria realizada pelo DENASUS.

A sentença foi dada em 01 de junho deste ano pela juíza federal Vládia Maria de Pontes Amorim, da 3ª Vara da Seção Judiciária do Piauí.

  • Foto: Facebook/Edgar Castelo BrancoEdgar Castelo BrancoEdgar Castelo Branco

Edgar e Telma Tenório foram ainda condenados a ressarcir os danos causados ao erário no valor de R$ 235.106,90 (duzentos e trinta e cinco mil, cento e seis reais e noventa centavos), suspensão dos direitos políticos por cinco e pagamento de multa no valor de R$ 70 mil e R$ 100 mil, respectivamente, que será revertida ao município.

Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região.