Teresina - PI

Julgamento de acusados de matar empresário Adroaldo Barbosa é adiado

A audiência, que iria acontecer na manhã desta quinta-feira (02), será redesignada e marcada para o mês de junho deste ano.

Laura Moura
Teresina
Cinara Taumaturgo
Teresina
- atualizado

O julgamento dos dois acusados de participar da tentativa de assalto que culminou na morte do comerciante Adroaldo Barbosa foi adiado. A audiência iria acontecer na manhã desta quinta-feira (02), porém, os representantes de um dos réus não compareceram.

Os julgados seriam os homens identificados como Raimundo Rodrigues da Silva Neto e Wesley Vieira de Oliveira. Este último citado é assistido pela Defensoria Pública do Estado. De acordo com a juíza Júnia Maria Feitosa, a defensora pública responsável pelo caso não pôde comparecer por motivos de saúde.

  • Foto: Cinara Taumaturgo/ GP1Juíza Júnia Maria FeitosaJuíza Júnia Maria Feitosa

“Nós precisamos, para que a audiência ocorra, estar com todas as partes presentes e representadas, através de um advogado ou defensor público. Um dos réus no processo é assistido pela Defensoria Pública e, hoje pela manhã, a defensora comunicou que está doente e que não pode vir. O substituto também não pôde comparecer, pois nós entramos em contato também com a defensoria para ver a possibilidade de uma substituição. Infelizmente, foi um imprevisto e, por isso, não teve como um outro defensor comparecer aqui para que a audiência acontecesse”, informou.

O outro réu, Raimundo Rodrigues da Silva Neto, é assistido por uma advogada. Foi pensada a possibilidade de adiar para sexta-feira (03), porém a advogada do acusado não poderá comparecer por conta de uma outra audiência que irá participar no município de Bacabal – MA.

A juíza responsável pelo caso também vai entrar de férias a partir da próxima segunda-feira (06) e, desse modo, a audiência será redesignada e marcada para o mês de junho deste ano.

Relembre o caso

Na tarde do dia 25 de dezembro de 2018, o comerciante Adroaldo Barbosa Neto foi assassinado durante uma tentativa de assalto. O crime se deu quando a sua esposa estava entrando em casa, situada no Conjunto Giovane Prado, e foi abordada por três bandidos. Toda a ação foi flagrada por câmeras de segurança.

De acordo com a Polícia Militar do Piauí, o comerciante foi até a sacada da residência, enquanto ocorria o assalto, e logo depois, foi alvejado com um tiro na cabeça. A vítima ainda foi socorrida pelos vizinhos, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

  • Foto: DivulgaçãoComerciante Adroaldo Barbosa NetoComerciante Adroaldo Barbosa Neto

No dia 26 de dezembro, um adolescente, que confessou ser o autor do disparo que matou o comerciante, foi aprendido na casa de uma tia que fica no Parque Universitário. Dois dias depois, Wesley Vieira de Oliveira, conhecido como ‘Shrek’, foi preso por uma equipe do 5º BPM, também no Parque Universitário.

Já no dia 29 de dezembro, o terceiro envolvido, Raimundo Neto, foi preso na localidade Formosa, no município de União. Ele estava escondido na casa dos avós de sua companheira. No quarto onde o indivíduo estava, foi encontrado um revólver calibre .38, da marca Taurus, com numeração raspada e cinco munições do mesmo calibre.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Acusados de participar da morte de Adroaldo Barbosa vão a julgamento

Acusados de matar comerciante Adroaldo Barbosa viram réus na Justiça

Decretada prisão preventiva de acusado de matar Adroaldo Barbosa