Teresina - PI

Júlio Arcoverde pede maturidade a aliados para evitar embates eleitorais

“Não chega a preocupar [embates eleitorais], pois tanto o governo como nós, deputados estaduais, federais, temos que ter muita maturidade em relação às eleições municipais", disse o deputado.

Davi Fernandes
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Em entrevista à imprensa, o presidente do Progressistas no Piauí, deputado estadual Júlio Arcoverde, destacou que as eleições municipais deste ano não vão causar atritos e nem desconforto com partidos aliados, a exemplo do PT do governador Wellington Dias.

O parlamentar afirmou que é necessário que os partidos tenham maturidade, pois as eleições geram embates entre aliados como nos municípios de Teresina e em Picos, mas que, independente das questões eleitorais, a base segue com suas alianças.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Júlio Arcoverde Júlio Arcoverde

“Não chega a preocupar [embates eleitorais], pois tanto o governo como nós, deputados estaduais, federais, temos que ter muita maturidade em relação às eleições municipais, como ocorreu em 2016, pois temos os embates municipais e aqui somos da base do governador em Teresina, então os líderes têm que entender”, declarou o deputado durante entrevista na última terça-feira (11).

PP e PT em 2022

Ainda segundo Arcoverde, o projeto do Progressistas de governar o estado em 2022 não prejudica a relação com o governador Wellington Dias. O partido apoia o governador desde 2014.

“Cada partido tem seu projeto, seu planejamento. Desde de 2014, resolvemos apoiar o governador Wellington Dias e o senador Ciro disse que o nosso projeto para 2022 é termos um progressistas no governo e as coisas que são tratadas antes, com transparência não podem causar nenhum incômodo”, finalizou o deputado estadual.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Júlio Arcoverde nega desconforto de Wellington com PP sobre 2022

Ciro Nogueira diz que eleições de 2020 serão termômetro para 2022