Política

Limma rebate Ciro Nogueira e diz que senador ficou míope após eleição

“Isso é sinal de que ele adquiriu miopia após a sua eleição e que só viu a estrela do PT quando precisou da sua militância para se eleger senador", rebateu Limma.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O presidente do Diretório do PT no Piauí, deputado estadual Francisco Limma, saiu em defesa de seu partido neste domingo (06), após críticas do senador Ciro Nogueira(dirigente nacional do Progressistas) que afirmou não ter visto mais adesivo do PT no Estado. Limma afirmou que o ex-aliado está míope e que só enxergou a estrela do Partido dos Trabalhadores quando precisou da militância petista para se reeleger ao Senado Federal.

“Isso é sinal de que ele adquiriu miopia após a sua eleição e que só viu a estrela do PT quando precisou da sua militância para se eleger senador. Lamento que ele esteja com miopia, mas quando passar a eleição espero que passe a cegueira e ele veja quantas estrelas do PT continuarão brilhando nos municípios e no Mapa do Piauí”, retrucou Limma.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Deputado Francisco LimmaDeputado Francisco Limma

Entenda

Em uma convenção do Progressistas na cidade de São João da Varjota, Sul do Piauí, nesse sábado (05), o senador Ciro Nogueira voltou a criticar o Partido dos Trabalhadores. Enquanto discursava aos presentes, Ciro afirmou que há muito tempo não via uma estrela, em referência ao símbolo do PT.

“Por falar nisso Luciano [Nunes] você viu alguma estrela de lá pra cá na estrada? Faz tempo que eu não vejo um adesivo do PT viu. Tudo azul em todo o canto. De Teresina pra cá eu não achei uma estrelinha”, provocou Ciro, que é presidente nacional do Progressistas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

“Faz tempo que eu não vejo um adesivo do PT”, provoca Ciro Nogueira

Dudu chama Ciro Nogueira de ingrato após críticas a Wellington

Ciro Nogueira afirma que Jair Bolsonaro conquistou o Nordeste

Wellington Dias dispara contra Ciro: “tenho respeito pela política”

Ciro Nogueira tenta impedir aliança entre Wilson Martins e Wellington

Mais conteúdo sobre: