Picos - PI

Madeira com documentação falsa é apreendida na BR 316 em Picos

A mercadoria era oriunda da cidade de Uruara, no Pará, e foi apreendida na manhã desta quarta-feira (12) no KM 294 da rodovia.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

Policiais rodoviários federais apreenderam, na manhã desta quarta-feira (12), 42 metros cúbicos de madeira com documentação falsa durante uma abordagem no KM 294 da BR 316, perímetro que perpassa o município de Picos.

A mercadoria vinha da cidade de Uruara, no Pará, e estava em um caminhão semirreboque. O inspetor Ricardo Torres, do núcleo de comunicação da PRF-PI, explicou que o documento falso que o condutor do veículo apresentou foi uma Declaração de Corte e Colheita – DCC – e um cadastro ambiental rural – CAR, ao afirmar para os agentes que a madeira era oriunda de um reflorestamento.

  • Foto: Divulgação/PRFCaminhão que transportava a mercadoriaCaminhão que transportava a mercadoria

Além disso, o indivíduo informou que os documentos teriam sido emitidos por uma fazenda que é alvo de um parecer técnico do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

Porém, os policiais verificaram que a documentação era falsa e que foi emitida apenas para burlar a fiscalização. Diante disso, a mercadoria foi apreendida e está à disposição do IBAMA.

Apreensões

A Polícia Rodoviária Federal no Piauí (PRF-PI) revelou que o Piauí vem sendo utilizado como rota para a prática de crimes ambientais. Por isso, a fiscalização vem sendo intensificada. Somente nesse ano, foram apreendidos 361,03 metros cúbicos de madeira. Vale lembrar que em 2018 foram 1.267, 33 metros cúbicos e no ano de 2017 foram 911,58 metros cúbicos.