Polícia

Mãe confessa ter matado garoto de 11 anos com medicamento no RS

O corpo de Rafael Mateus foi encontrado enrolado em um lençol na antiga casa da família.

Jeyson Moraes
Teresina
- atualizado

O corpo do garoto Rafael Mateus Winques, de 11 anos, foi encontrado nesta segunda-feira (25) após ficar mais de 10 dias desaparecido na cidade de Planalto, no norte do Rio Grande do Sul. A mãe do menino, Alexandra Dougokenki, foi presa acusada da morte do filho e confessou o crime.

Segundo as informações da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, o corpo de Rafael Mateus foi encontrado por volta das 17h30 enrolado em um lençol na antiga casa da família, que fica nas proximidades de onde o garoto residia. A acusada relatou que teria dado um medicamento para o filho, que ela considerava um menino nervoso.

  • Foto: Divulgação/PC-RSRafael Mateus WinquesRafael Mateus Winques

Ele estava desaparecido desde o dia 15 de maio, quando foi dormir e no dia seguinte, não foi mais visto. De acordo com a polícia, a casa onde ele morava com a mãe e um irmão de 16 anos não possuía sinais de arrombamento no dia do desaparecimento.

Inicialmente, a mãe disse que havia levado uma coberta para o menino antes de dormir, e pensou que ele havia saído pela manhã. A polícia ainda não descartou nenhuma linha de investigação e segue acompanhando o caso.