Política

Magalhães diz que vai trabalhar pela agricultura familiar na Alepi

Cícero Magalhães retorna à Alepi após o chamamento de quatro deputados estaduais para o novo secretariado de Wellington Dias.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Jonas Carvalho
Teresina
- atualizado

Em entrevista ao GP1, na manhã desta sexta-feira (3), o suplente de deputado estadual Cícero Magalhães (PT) disse que vai trabalhar pela agricultura familiar ao assumir o mandato na Assembleia Legislativa do Estado do Piauí (Alepi).

“O nosso estado, apesar de ter crescido e avançado em todos os setores, precisa de um olhar atento para a questão da agricultura familiar, para o homem do campo, para não perder de vista aquilo que possa gerar emprego e renda e, acima de tudo, as pessoas mais humildes, que é a classe de pessoas que eu me insiro e aquela que eu sempre estive a caminhar juntos”, afirmou Magalhães.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Cícero MagalhãesCícero Magalhães

Retorno à Alepi

Magalhães retorna à Alepi após o chamamento de quatro deputados estaduais para o novo secretariado de Wellington. Janainna Marques (PTB) foi para a Secretaria de Infraestrutura, Wilson Brandão (PP) para a pasta de Mineração, Pablo Santos (MDB) para a Fundação Hospitalar e Zé Santana (MDB) para a Assistência Social.

Cícero era quarto suplente da coligação ‘A vitória com a força do povo’. Com o anúncio do novo secretariado assumem vaga na Alepi os suplentes Warton Lacerda (PT), Ziza Carvalho (PT), Cícero Magalhães (PT) e Belê Medeiros (PP).

O primeiro suplente da coligação, B.Sá Filho (PP) já havia assumido vaga na Alepi quando Júlio Arcoverde (PP) se licenciou para comandar a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), o

Mais conteúdo sobre: