Eleições 2018

Mais de 140 candidatos piauienses não prestaram contas ao TSE

De acordo com o TRE, o candidato que não apresentou a prestação de contas no prazo legal, poderá fazê-lo mesmo antes de ser regularmente notificado, a fim de agilizar a regularização de sua quitação.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

Mais de 140 candidatos piauienses que concorreram a cargos nas eleições 2018 não apresentaram as prestações de contas de campanha ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Doze partidos políticos também não enviaram as contas. Os dados são do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI).

Clique aqui e confira a relação dos candidatos e partidos políticos que prestaram e não prestaram contas

Segundo os dados, apenas 242 candidatos, dos 389, enviaram a prestação de contas. Todos os 147 candidatos inadimplentes que concorreram ao primeiro turno, incluindo os que renunciaram, foram substituídos ou tiveram seus registros de candidaturas indeferidos, deveriam ter prestado contas à Justiça Eleitoral até essa terça-feira (06).

Os políticos que não apresentaram os documentos serão notificados pela Justiça Eleitoral piauiense em até cinco dias. Após notificados, os candidatos e partidos políticos terão 72 horas para prestar as informações. Caso este prazo também termine e a prestação não tenha sido entregue, as contas serão julgadas como não prestadas.

Ainda de acordo com o TRE, o candidato que não apresentou a prestação de contas no prazo legal, poderá fazê-lo mesmo antes de ser regularmente notificado, a fim de agilizar a regularização de sua quitação eleitoral.

A prestação de contas é um dever de todos os candidatos e diretórios partidários que garante a transparência no processo eleitoral. Em caso de não regularização, as chapas serão julgadas e penalizadas pela Justiça Eleitoral.