Teresina - PI

Mais de mil agentes de saúde vão monitorar casos de covid-19 em Teresina

Ele explicou que serão duplicados os números de agentes responsáveis para fazer as visitas domiciliares.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O prefeito Firmino Filho (PSDB) anunciou o Projeto Detetive Covid, onde 1250 agentes comunitários de saúde vão fazer o rastreamento de casos suspeitos ou confirmados do novo coronavírus em Teresina. Ele explicou que serão duplicados os números de agentes responsáveis para fazer as visitas domiciliares.

“A partir de agora cerca de 1250 agentes comunitários de saúde vão passar a atuar no rastreamento de casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 em Teresina. Com isso, duplicamos o número de agentes responsáveis por fazer visitas domiciliares para identificar contaminados e encaminha-los para uma das nossas 26 UBS exclusivas para atendimento de síndromes gripais. Três mil casas já foram visitadas na cidade até agora e nossa meta é ampliar consideravelmente esse número”, disse Firmino.

O prefeito de Teresina falou ainda que será feito o processo de identificação das pessoas que estejam no grupo de risco, bem como para fazer o acompanhamento de pacientes que testaram positivos para covid-19 e estão em isolamento domiciliar.

“Os profissionais também vão orientar sobre medidas preventivas, identificar as pessoas de grupo de risco e monitorar se os pacientes que testaram positivo para a doença estão cumprindo tanto o isolamento domiciliar, quanto os protocolos de tratamento da doença”, falou o chefe do Palácio da Cidade.

“Através do projeto Detetive Covid, os agentes comunitários de saúde, que já fazem parte das equipes das UBS, vão atuar na comunidade onde moram. Isso facilita o acesso às suas respectivas regiões, além do contato com as pessoas”, completou Firmino.

Identificação

O chefe do executivo teresinense ressaltou que os agentes estão devidamente fardados e usando máscaras. “É importante dizer que eles estarão fardados, utilizando máscaras e não entrarão nas residências. A visita estará limitada à área externa da casa (frente, lados e fundo do quintal ou terreno)”, explicou o tucano.

Mapeamento

Firmino Filho explicou que essa medida tem como objetivo fazer o rastreamento de casos e evitar a disseminação do novo coronavírus.

“Nosso objetivo é fazer um mapeamento mais consistente de casos e impedir a proliferação do vírus em Teresina. Essa ação é extremamente importante nesse momento de retomada das nossas atividades econômicas, quando teremos que aprender a controlar o coronavírus na cidade”, finalizou o prefeito.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mortes por covid-19 tem redução de 30% em Teresina, diz Firmino

Covid-19: Firmino Filho defende cancelamento do Corso em 2021

Taxa de transmissão da covid-19 segue em queda, diz Firmino Filho