Teresina - PI

Marcelo Castro lamenta morte de seu motorista em acidente de moto

“Estou profundamente triste pelo falecimento de um grande amigo, membro da minha equipe há muitos anos e pessoa de alta estima da minha família", disse o senador.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Um homem identificado como Gonçalo Mendes de Amaral Filho, 48 anos, que morreu na noite desse domingo (31) ao se chocar contra um poste de iluminação pública na Avenida Miguel Rosa, bairro Vermelha, zona sul de Teresina, era motorista do senador Marcelo Castro (MDB), há quase 20 anos. O senador usou as redes sociais, na manhã desta segunda-feira (01), para lamentar o falecimento de seu colaborador.

  • Foto: Reprodução/FacebookGonçalo Mendes do AmaralGonçalo Mendes do Amaral

“Estou profundamente triste pelo falecimento de um grande amigo, membro da minha equipe há muitos anos e pessoa de alta estima da minha família. Gonçalo Mendes do Amaral será sempre lembrado pelos colegas pela sua alegria e personalidade marcante. Meus sentimentos também a família. Estamos todos de luto. Deus conforte nossos corações””, lamentou o senador por meio das redes sociais. Devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o velório e sepultamento serão restritos à familiares e amigos mais próximos.

Entenda o caso

Um homem identificado como Gonçalo Mendes de Amaral Filho, 48 anos, morreu na noite desse domingo (31) ao se chocar contra um poste de iluminação pública na Avenida Miguel Rosa, bairro Vermelha, zona sul de Teresina.

De acordo com a major Ayla Maria, comandante da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran), Gonçalo Mendes conduzia uma motocicleta no sentido Sul/Norte e ao logo depois de passar do cruzamento da Avenida Miguel Rosa com a Avenida Nações Unidas, ele acabou perdendo o controle da moto e colidiu em um poste.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foi acionado, mas Gonçalo Mendes de Amaral Filho veio a óbito ainda no local. Uma equipe da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito isolou a área e acionou a Perícia Criminal.

Profissionais do Instituto de Medicina Legal (IML) removeram o corpo de Gonçalo de Amaral.

NOTICIA RELACIONADA

Homem morre ao colidir em poste na Avenida Miguel Rosa em Teresina

Mais conteúdo sobre: