Saúde

Médicos britânicos testam ibuprofeno para tratamento da covid-19

A formulação da nova droga já tem autorização para ser usada em outras doenças no Reino Unido.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Médicos do Reino Unido iniciaram uma testagem do anti-inflamatório ibuprofeno no tratamento de casos graves de síndrome do desconforto respiratório agudo, que pode causar parada respiratória em pacientes com covid-19.

A droga utilizada na testagem é uma formulação diferente do ibuprofeno convencional, que tem e mostrado mais eficaz no tratamento. O teste é uma colaboração entre a London’s Guy’s & St Thomas’ NHS Foundation Trust, o King’s College e o grupo farmacêutico Seek.

  • Foto: Nayra Halm/FotoArena/Estadão ConteúdoCoronavírusCoronavírus

O teste, conhecido como “Liberate” vai testar 230 pacientes nos próximos meses, sendo separados em dois grupos, uma parte com tratamento com ibuprofeno padão e outro com a nova fórmula. A formulação da nova droga já tem autorização para ser usada em outras doenças no Reino Unido. Em março, no entanto, a recomendação do ministro da Saúde francês era de que o medicamento poderia agravar a doença.

Meses depois as agências de regulação de remédios do Reino Unido, União Europeia e Estados Unidos perceberam que não há indícios de que o ibuprofeno agrave problemas respiratórios da covid-19.

"Se tiver sucesso, o valor deste teste para a saúde pública global será imenso, dado o custo baixo e a disponibilidade deste remédio", disse o diretor do Centro de Pesquisa Biomédica NIHR Maudsley, Matthew Hotpot.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vacina contra coronavírus testada em humanos gera resposta segura, diz farmacêutica

Terceira etapa de vacinação contra a gripe em Teresina começa amanhã

Mais conteúdo sobre: