Piauí

Médicos do Piauí decidem suspender paralisações temporariamente

A próxima reunião com o Governo do Estado irá acontecer na próxima terça-feira (18) e, a partir disso, a categoria irá decidir pela aceitação ou não da proposta.

Laura Moura
Teresina

Os médicos lotados nos hospitais estaduais do Piauí decidiram suspender as paralisações temporariamente após uma reunião com representantes do Governo do Estado. A categoria iniciou, neste ano, um movimento grevista que tem como objetivo reivindicar por melhores condições de trabalho e pelo cumprimento da carreira médica.

A diretora do Sindicato dos Médicos do Piauí (Simepi), Lúcia Santos, explicou que uma nova reunião já foi marcada com o secretário de saúde, Florentino Neto, e que deve ocorrer na próxima terça-feira (18). Em seguida, a classe irá organizar uma assembleia que decidirá a aceitação ou não da proposta feita pelo Governo do Estado.

  • Foto: Divulgação/AscomMédicos realizam assembleia em TeresinaMédicos realizam assembleia em Teresina

“Tivemos uma reunião e já foi marcada um novo encontro com ele e com mais um outro secretário. Por isso, os médicos decidiram suspender as paralisações para ver a proposta do Governo do Estado, mas o movimento continua” explicou Lúcia Santos.

Paralisações

Neste mês, a categoria médica realizou uma paralisação entre os dias 05 e 07. Os profissionais ficaram concentrados no ambulatório azul do Hospital Getúlio Vargas (HGV) e, durante os três dias, foram suspensos todos os atendimentos eletivos, exames, cirurgias e consultas. No mês de maio deste ano, nos dias 06 e 07, a classe havia também realizado um outro protesto.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Médicos estaduais do Piauí iniciam paralisação nesta quarta-feira

Médicos do Piauí vão paralisar atividades novamente nesta quarta

Médicos paralisam atividades no Piauí e suspendem consultas