Landri Sales - PI

Ministério Público abre investigação contra prefeito Aurélio Sá

A portaria nº 002/2017 foi assinada pelo promotor de Justiça Francisco de Assis R. de Santiago Júnior, nesta terça-feira (28).

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí abriu procedimento preparatório para investigar irregularidades na gestão do prefeito de Landri Sales, Aurélio Sá. A portaria nº 002/2017 foi assinada pelo promotor de Justiça Francisco de Assis R. de Santiago Júnior, nesta terça-feira (28).

O objetivo é investigar ilícitos e irregularidades praticadas pelo Prefeito de Landri Sales, gestores e servidores, no processo licitatório (modalidades de Tomada de Preços e Inexigibilidade de Licitação) para aquisição de gêneros alimentícios no ano de 2014.

Segundo a portaria, se confirmadas as informações, tais condutas são eivadas de ilegalidade e afrontando a ordem jurídica instituída, comprometendo a regularidade do andamento da administração pública, além do direito individual indisponível da sociedade.

O promotor determinou expedição de ofício ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí, solicitando informações acerca dos fatos.

Outro lado

Procurado, na tarde desta quarta-feira (29), o prefeito Aurélio Sá não foi localizado para comentar a investigação. O GP1 continua aberto para quaisquer esclarecimentos.