Prata do Piauí - PI

Ministério Público Federal investiga ex-prefeito Antônio Parambu

A portaria nº 8 foi assinada, no dia 17 de janeiro, pelo procurador da República Alexandre Assunção e Silva.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal instaurou inquérito civil para investigar o ex-prefeito de Prata do Piauí, Antônio Gomes de Sousa, mais conhecido como Antônio Parambu, acusado de não prestar contas de recursos federais. A portaria nº 8 foi assinada, no dia 17 de janeiro, pelo procurador da República Alexandre Assunção e Silva.

Segundo a portaria, o ex-prefeito durante a sua gestão 2013/2016, não prestou de contas do Termo de Compromisso PAR n°18067, no valor de R$ 25.898,53, firmado com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) com vigência 01/2013 e término em 29/02/2016.

O procurador destacou que inicialmente foi aberta uma notícia de fato, no entanto a conclusão do procedimento expirou, nesta terça-feira (29), e ainda não se têm os elementos suficientes para adoção das medidas elencadas no artigo 4º da Resolução nº 87/2010, motivo pelo qual converteu a mesma em inquérito civil.

O procurador determinou envio de ofício ao FNDE, via e-mail, requisitando a informação se houve a prestação de contas.

Outro lado

O ex-prefeito não foi localizado pelo GP1.