Currais - PI

Ministério Público Federal investiga ex-prefeito Joaquim Aristeu

A portaria nº 1 foi assinada pelo procurador da República, Anderson Rocha Paiva, no último dia 25 de janeiro.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí instaurou inquérito civil para investigar denúncia contra ex-prefeito de Currais, Joaquim Aristeu Figueiredo da Fonseca. A portaria nº 1 foi assinada pelo procurador da República, Anderson Rocha Paiva, no último dia 25 de janeiro.

O ex-prefeito é acusado de não cumprir a contento a obrigação de prestar contas em relação ao Programa Brasil Alfabetizado - BRALF, do Ministério da Educação (MEC), exercício 2011, no valor de R$ 25.500,00.

Inicialmente foi aberta uma notícia de fato a partir de representação do próprio município de Currais. No entanto, pela existência de diligência pendente e tendo em conta o vencimento do prazo do procedimento originário, o procurador instaurou o inquérito.

Outro lado

O ex-prefeito não foi localizado pelo GP1.