Colônia do Gurguéia - PI

Ministério Público investiga gestão da ex-prefeita Lisiane Franco

A portaria nº 44 foi assinada pela procuradora da República, Cecília Vieira de Melo Sá Leitão, na última quinta-feira (09).

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí abriu inquérito civil para investigar irregularidades na gestão da ex-prefeita de Colônia do Gurgueia, Lisiane Franco Rocha Araújo. A portaria nº 44 foi assinada pela procuradora da República, Cecília Vieira de Melo Sá Leitão, na última quinta-feira (09).

O objetivo é investigar irregularidades na execução de obra para a construção de Unidade Básica de Saúde (UBS) na localidade Aliança do Gurgueia, no valor de R$ 407.352,33, com recursos advindos do Ministério da Saúde.

Segundo a denúncia, obra, de responsabilidade da empresa M & Carvalho Ltda, vencedora da Tomada de Preços nº 017/2013, encontra-se parada e inacabada, com percentual de execução de 63,45%, mesmo liberados 80% dos recursos.

A procuradora considerou que é razoável colher manifestação da construtora responsável, para que explique o motivo da paralisação das obras, fato ainda obscuro. Observa-se, neste sentido, que já intentada anteriormente a diligência, sem sucesso.

Outro lado

A ex-prefeita Lisiane Franco não foi localizada pelo GP1.