São Raimundo Nonato - PI

Ministério Público investiga gestão do ex-prefeito Padre Herculano

A portaria nº 25 foi assinada pelo procurador da República Leonardo Carvalho Cavalcante de Oliveira, na última terça-feira (20).

WANESSA GOMMES
DE TERESINA
- atualizado
  • Foto: DivulgaçãoPadre Herculano NegreirosPadre Herculano Negreiros

O Ministério Público Federal instaurou inquérito civil para investigar irregularidades na gestão do ex-prefeito de São Raimundo Nonato, Padre José Herculano de Negreiros. A portaria nº 25 foi assinada pelo procurador da República Leonardo Carvalho Cavalcante de Oliveira, na última terça-feira (20).

O objetivo é investigar a execução parcial do objeto pactuado no Termo de Compromisso TC/PAC nº 125/2009 realizado junto a FUNASA (Fundação Nacional de Saúde), pelo qual foi repassado, em 2011 e 2012, ao Município o valor de R$ 719.178,50.

Para abrir o inquérito, o procurador considerou “a exígua força de trabalho e o excessivo número de processos e procedimentos neste Ofício da Procuradoria da República no município de São Raimundo Nonato, gerando acúmulo de serviço, motivo pelo qual ainda não foram exauridas as providências especificadas no artigo 4º da Resolução CSMPF n° 87/2010”.

Considerou ainda a necessidade de apurar fatos que dizem respeito ou acarretam danos efetivos ou potenciais a interesses cuja defesa compete ao Ministério Público, nos termos do artigo 1º da Resolução CSMPF n° 87/2010.

Outro lado

Procurado, na noite desta sexta-feira (23), o Padre Herculano não foi localizado para comentar a investigação. O GP1 está aberto a esclarecimentos.