Teresina - PI

Ministra Cármen Lúcia recebe homenagens na sede da OAB do Piauí

O evento aconteceu, na noite desta sexta-feira (26), e a magistrada recebeu uma placa e o título de sócia da Academia Piauiense de Letras Jurídicas.

Wanessa Gommes
Teresina
Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Homenagem à Cármen Lúcia na OAB-PI

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), recebeu uma homenagem na sede da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Piauí (OAB-PI), em Teresina. O evento aconteceu, na noite desta sexta-feira (26), e a magistrada recebeu uma placa e o título de sócia da Academia Piauiense de Letras Jurídicas.

O presidente da OAB-PI, Celso Barros Neto, explicou os motivos que levaram a instituição a homenagear a ministra. “Ela foi professora na escola da advocacia da OAB por muitos anos, deixou um legado cultural por conta da quantidade de ex-alunos que ela tem no Piauí”, afirmou.

“Estamos aqui recebendo-a para conceder uma placa comemorativa da sua visita à OAB, que é uma visita histórica, ela proferiu a primeira aula da escola da advocacia e iremos descerrar uma placa em sua homenagem e também entregar o título de sócia da Academia Piauiense de Letras Jurídicas”, declarou Celso.

A ministra Cármen Lúcia agradeceu a homenagem e lembrou de quando dava aulas na escola da advocacia. “Para mim é uma honra enorme sempre estar aqui, é um gosto verdadeiro de estar aqui, e quero dizer que o que eu tenho é muito mais do que eu recebo do Piauí do que essa escola me deu e vem me dando, das tantas vezes que vim, dos cursos dos quais pude participar como professora, da especialização da qual ainda hoje encontro alunos que aqui estiveram e que representa a capacidade que a OAB tem nas suas seccionais”, explanou.

“Nós aprendemos na OAB uma melhor prática da advocacia, mas principalmente a honrar a história da OAB que se confunde com a melhor parte da história do Brasil, que é cidadão, democrático e lutador pelas liberdades de todos os brasileiros”, finalizou.