Entretenimento

Miss Bruna Reis perde título após debochar de entregador de comida

Em nota, a organização do Concurso Miss Mato Grosso 2019 afirmou que Bruna “feriu os princípios que regem o concurso e a função que uma representante precisa exercer".

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

A organização responsável pelo Concurso Miss Mato Grosso 2019 decidiu retirar o título de Miss Campo Novo do Parecis 2019, de Bruna Reis Figueiredo, após a divulgação de vídeos em que ela debocha de um rapaz que entrega lanches de bicicleta.

Os vídeos publicados por Bruna Figueiredo na sua página no Instagram estão sendo criticados. A jovem publicou no seu storie alguns vídeos em que debocha de um entregador de comidas da Uber Eats.

  • Foto: DivulgaçãoBruna Reis Figueiredo debochou de entregadorBruna Reis Figueiredo debochou de entregador

“Eu não acredito. Está ruim para mim, está ruim para você, está ruim até para o Uber Eats. Olha isso daqui. Ai, gente… Não é desmerecendo o trabalho do menino, né… Mas é ai que você vê o porque sua comida chega atrasada. A pessoa além de estar de bicicleta, esta na marcha lenta, cara, não está conseguindo subir a ladeira.. Ai, meu Deus”, afirmou aos risos.

Em nota, a organização do Concurso Miss Mato Grosso 2019 afirmou que Bruna “feriu os princípios que regem o concurso e a função que uma representante precisa exercer durante o período em que assumiu o compromisso de ser miss”.

Disse ainda que “a organização repudia qualquer atitude discriminatória ou que deprecie outro ser humano. Tal conduta não é condizente com a função assumida ao conquistar a coroa que ela representa”.

Confira a nota na íntegra:

A organização responsável pelo Concurso Miss Mato Grosso 2019 informa que decidiu em retirar o título de Miss Campo Novo do Parecis 2019, de Bruna Figueiredo.

Bruna feriu os princípios que regem o concurso e a função que uma representante precisa exercer durante o período em que assumiu o compromisso de ser miss. Ainda na segunda-feira (28), Bruna Figueiredo será notificada da decisão.

A organização repudia qualquer atitude discriminatória ou que deprecie outro ser humano. Tal conduta não é condizente com a função assumida ao conquistar a coroa que ela representa.

Lamentamos o ocorrido e reiteramos nosso compromisso, seriedade e respeito que o Concurso Miss Mato Grosso tem com a sociedade mato-grossense.

Warner Willon e Nadeska Calmon
Organização Miss Mato Grosso 2019

Mais conteúdo sobre: