São Pedro do Piauí - PI

Moradora de Jardim do Mulato denuncia descaso no Hospital Marcolino Barbosa

Uma adolescente de 16 anos precisou colocar uma sonda no Hospital de São Pedro do Piauí, mas não foi atendida de maneira imediata.

Jeyson Moraes
Teresina
- atualizado

Uma moradora de Jardim do Mulato, identificada como Cátia Silene Ferreira da Silvade denunciou ao nesta terça-feira (06), GP1 a precariedade do atendimento no Hospital Estadual Marcolino Barbosa Ribeiro, localizado em São Pedro do Piauí.

A senhora de 49 anos relatou que a sobrinha, de apenas 16, passou por uma cirurgia no estômado em Teresina e precisou colocar uma sonda no Hospital de São Pedro do Piauí no dia 23 de julho, mas não foi atendida de maneira imediata.

“Quando a enfermeira chegou, ela simplesmente disse que não era para colocar nenhuma sonda, falou que haviam dito a ela que não é para colocar sonda em ninguém. A enfermeira chamou o médico que estava no plantão e ele enfatizou que não poderia fazer nada. O plantonista informou que a menina deveria ir para Água Branca realizar o procedimento", relatou.

Ao chegar no Hospital de Água Branca, a mulher foi informada pelo médico que o procedimento deveria ser realizado em São Pedro do Piauí, ela então teve que retornar ao local. "O médico disse que a sonda só poderia ser colocada em São Pedro do Piauí. Ele então ligou para o hospital de lá e pediu para retornamos a São Pedro. Depois de horas de insistência conseguimos fazer com que realizassem o procedimento em São Pedro do Piauí", prosseguiu Cátia.

Depois de horas a sonda finalmente foi colocada na adolescente. Segundo Cátia, o atendimento do hospital é inaceitável e muitas vezes pode custar uma vida. "O desabafo que faço é porque nesse espaço de tempo, a pessoa perde uma vida, porque chega no hospital e o médico não atende”, concluiu Cátia.

Outro lado

Nenhum responsável pelo Hospital Estadual Marcolino Barbosa Ribeiro foi localizado pelo GP1.

Mais conteúdo sobre: