Mundo

Morre aos 86 anos o ex-presidente francês Jacques Chirac

Um dos mais longevos chefes de estado da França, ele governou entre 1995 e 2007 e se opôs à intervenção dos Estados Unidos no Iraque.

Por  Estadão Conteúdo

O ex-presidente da França, Jacques Chirac, um dos mais longevos presidentes da história da França, morreu nesta quinta-feira, 26, em Paris. A informação foi confirmada pela família à agência France Presse.

O ex-chefe de Estado francês tinha 86 anos, e sua carreira política é considerada uma das mais excepcionais da França. Chirac foi primeiro-ministro, ministro e prefeito de Paris. Como chefe de Estado, governou o pais por dois mandatos, entre 1995 e 2007.

Chirac se tornou uma celebridade entre moderados por ter sido o presidente que se opôs à intervenção americana no Iraque, vetando o aval da ONU no Conselho de Segurança – enquanto o Reino Unido de Tony Blair embarcava no conflito ao lado de George W. Bush.

O ex-presidente francês era uma das personalidades políticas mais apreciadas na França. Ele era estimado por sua longa carreira política, sua personalidade carismática.

Por sua popularidade, seu estado de saúde era acompanhando de perto pela mídia e por todo o país.

Vítima de um acidente vascular cerebral em 2005, ele tinha um quadro de saúde delicado, segundo parentes, com momentos de desligamento, perda de memória e perda de audição.

Mais conteúdo sobre: