Teresina - PI

Motorista esfaqueado dentro de carro no Porto Alegre morre no HUT

A informação foi confirmada pelo Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde a vítima estava internada desde o dia da tentativa do homicídio, ocorrida na madrugada de 21 de fevereiro de 2019.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Um homem identificado como Alexandre Anderson Cardoso Cabral, de 33 anos, que havia sido encontrado esfaqueado dentro de um carro no estacionamento do Posto Ipiranga, na BR 316, no bairro Porto Alegre, na zona sul de Teresina, morreu nessa terça-feira (12). A informação foi confirmada pelo Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde a vítima estava internada desde o dia da tentativa do homicídio, ocorrida na madrugada de 21 de fevereiro de 2019.

A vítima, que trabalhava como motorista de aplicativo, estacionou seu veículo em frente ao posto de combustíveis, por volta de 1h30 da madrugada do dia 21, e cerca de 30 minutos depois o agressor, identificado pelo delegado Ricardo Moura, surge ao lado do carro de Alexandre Anderson e inicia as agressões.

Toda a circunstância do crime foi registrada por câmeras de segurança do estabelecimento, que foi determinante na identificação do acusado Lucas Rafael de Moraes Lustosa, que acabou sendo preso na tarde daquele mesmo dia.

Em depoimento ao delegado Ricardo Moura, Lucas relatou que o crime foi motivado por conta de uma suposta dívida que o acusado possuía com a vítima.

“No interrogatório, o Lucas afirmou que eles tiveram uma relação comercial e que o Alexandre alegava que ele estava devendo um dinheiro, mas o Lucas disse que não devia nada para ele. A partir dessa dívida o Alexandre começou a ameaçá-lo de morte. Então, naquele dia o Lucas estava bebendo em uma loja de conveniência, quando viu o Alexandre estacionar o carro e foi lá saber o que ele estava fazendo ali. Pelas imagens o Lucas passou a desferir socos no Alexandre, que permaneceu dentro do carro”, pontuou.

  • Foto: Helio Alef/GP1Veículo onde a vítima foi encontradaVeículo onde a vítima foi encontrada

Família fez doação de órgãos

A assessoria de comunicação do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou que os familiares autorizaram a doação fígado, córneas e rins, que teve seu quadro agravado em razão de um aneurisma e acabou falecendo por volta de 17h da última terça-feira (12). Ele havia dado entrada no HUT com perfurações no pescoço, uma do lado direito e outra do lado esquerdo, causadas por arma branca.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Homem é esfaqueado dentro de veículo na BR 316 em Teresina

Acusado de tentar matar motorista de aplicativo é preso em Teresina

Mais conteúdo sobre: