Parnaíba - PI

Mototaxista acusado de matar guarda em Parnaíba vai para o banco dos réus

A decisão da juíza Maria do Perpetuo Socorro Ivani de Vasconcelos, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Parnaíba foi dada nessa terça-feira (13). Ela ainda manteve a prisão preventiva do acusado.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

A juíza Maria do Perpetuo Socorro Ivani de Vasconcelos, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Parnaíba, recebeu denúncia do Ministério Público do Estado do Piauí contra Francisco Mário Veras Ferreira acusado de matar o guarda municipal Marcos Vinicius Santos Cronemberger e deixar outro gravemente ferido, no dia 23 de setembro. A decisão foi dada nessa terça-feira (13).

De acordo com a magistrada, há nos autos elementos mínimos de convicção acerca da autoria apontando para o fato de que o denunciado, no dia 23 de setembro de 2020, por volta das 16h40min, teria, utilizando-se de uma faca, matado o agente de segurança pública, Marcos Vinicius Santos Cronemberger e tentado matar o outro agente de segurança pública, David Lucas Sousa Sampaio.

  • Foto: Reprodução/FacebookMario VerasMario Veras

“Os elementos de informação dão conta de que o fato teria sido praticado porque o denunciado não teria aceitado uma abordagem dos guardas municipais, logo estes lhe informar que a motocicleta de Francisco Mario estaria irregular e o ter multado. Logo após, inconformado, o denunciado teria praticado o ato e fugido em direção ao Município de Cajueiro da Praia, local onde, logo depois de intensa perseguição, foi preso por Policiais Militares”, destacou na decisão.

Na mesma decisão, a juíza manteve a prisão preventiva do acusado com fundamento na garantia da ordem pública e aplicação da lei penal.

Relembre o caso

Um guarda municipal identificado como Marcos Vinicius Santos Cronemberger foi assassinado a facadas por volta de 17h30, de 23 de setembro, e outro guarda ficou gravemente ferido, depois de terem sido atacados pelo mototaxista Francisco Mário Veras Ferreira durante uma abordagem de rotina, na Praça da Graça, localizada no centro histórico de Parnaíba.

  • Foto: Reprodução/WhatsappMarcus ViniciusMarcus Vinicius

De acordo com informações do coronel Pacífico, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar de Parnaíba, os agentes foram surpreendidos pelo suspeito, que depois do crime empreendeu fuga, deixando a motocicleta para trás. “Eles foram abordar um mototaxista que estava com moto sem placa e, durante a conversa, foram surpreendidos pelo mototaxista que estava com uma faca e acabou esfaqueando os agentes.

Ainda segundo o comandante os guardas chegaram a ser levados para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), no entanto, um deles não resistiu aos ferimentos e faleceu, o outro foi levado para o centro cirúrgico.

Francisco Mário foi preso, no dia seguinte, na praia de Barra Grande, no vizinho município de Cajueiro da Praia, litoral do Piauí.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mototaxista acusado de matar guarda em Parnaíba já é réu por homicídio

Mototaxista acusado de matar guarda municipal em Parnaíba é preso

Mototaxista reage a abordagem e mata guarda municipal em Parnaíba