Brejo do Piauí - PI

MP fiscaliza cobrança de débito de R$ 190 mil a Márcia Cruz

Inquérito civil foi instaurado pelo promotor José William Pereira Luz no dia 19 de setembro.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio do promotor José William Pereira Luz, instaurou no dia 19 de setembro inquérito civil público com o objetivo de fiscalizar a cobrança de débito no valor de R$ 190.532,00 mil contra a ex-prefeita de Brejo do Piauí, Márcia Cruz.

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), em julgamento realizado no dia 7 de junho de 2018, condenou a ex-prefeita de Brejo do Piauí, Márcia Aparecida Pereira da Cruz, a devolver R$ 190.532,00 por prática de contratação antieconômica da empresa V.S.P. Construtora e por sobrepreço.

  • Foto: Facebook/Márcia CruzMárcia CruzMárcia Cruz

Com a condenação, cabe à prefeitura de Brejo do Piauí ingressar com uma ação de execução do título, já que o valor deverá retornar para os cofres da prefeitura.

Com base nisso, o promotor José William instaurou o inquérito para apurar se o valor já foi cobrado. “A Constituição Federal dispõe que uma das funções institucionais do Ministério Público é a promoção de inquérito civil e da ação civil pública para a proteção do patrimônio público e social, do meio ambiente e de outros interesses difusos e coletivos”, afirmou o promotor.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ex-prefeita Márcia Cruz desviou mais de R$ 500 mil, diz GAECO

Ex-prefeita Márcia Cruz e empresários são presos em operação do Gaeco

TCE condena ex-prefeita Márcia Cruz a devolver R$ 190 mil