Barreiras do Piauí - PI

MP investiga uso irregular de ambulância de Barreiras do Piauí

A portaria nº 027/2019 foi assinada, na última sexta-feira (15), pelo promotor de Justiça José Sérvio de Deus Barros.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público do Estado instaurou inquérito civil para investigar denúncia de utilização irregular de uma ambulância da Prefeitura de Barreiras do Piauí. A portaria nº 027/2019 foi assinada, na última sexta-feira (15), pelo promotor de Justiça José Sérvio de Deus Barros.

De acordo com a denúncia anônima, a ambulância de Placa ODW-7752 foi utilizada para fins particulares (transporte de mercadorias) nos dias 23 e 31 de outubro de 2018, à noite.

O objetivo do inquérito é subsidiar, ao final, medidas extrajudiciais ou judiciais adequadas à prevenção e correção de eventuais irregularidades, bem como, se for o caso, a responsabilização do(s) autor(es).

O promotor determinou a expedição de ofícios ao prefeito Mauricio Neto Parente Lacerda, o Mauricin, e ao secretário Municipal de Saúde requisitando a prestação, no prazo de 15 dias úteis, das seguintes informações e documentos: a) Quantidade de ambulâncias pertencentes ao Município, bem como os respectivos certificados de registro e licenciamento (CRLV); b) Identificação (nome e qualificação, inclusive a CNH) de todos os servidores autorizados a conduzir as ambulâncias; c) Identificação do servidor (es) que conduziram a ambulância de Placa ODW-7752, nos dias 23 e 31 de outubro de 2018, à noite.

Outro lado

O prefeito Mauricin não foi localizado pelo GP1.