Piauí

MP-PI pede a retomada das cirurgias de transplantes de rins no HGV

Na recomendação o promotor Eny Marcos pediu que seja providenciada a retomada das cirurgias de transplantes de rins no Hospital Getúlio Vargas, no prazo de 30 dias.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O promotor Eny Marcos, do Ministério Público do Estado do Piauí, expediu recomendação no dia 15 de agosto ao secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, ao diretor do Hospital Getúlio Vargas (HGV), Gilberto Albuquerque, e ao presidente da FEPISERH, Pablo Santos.

Na recomendação o promotor Eny Marcos pediu que seja providenciada a retomada das cirurgias de transplantes de rins no Hospital Getúlio Vargas, no prazo de 30 dias.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Hospital Getúlio VargasHospital Getúlio Vargas

O promotor Eny Marcos afirmou que recebeu um Termo de Declaração no 22 de julho de 2019, em que paciente do HGV relatou que o transplante de rins que necessita não foi realizado em decorrência de suspensão dos serviços no hospital.

O presidente da FEPISERH, Pablo Santos, informou ao promotor que ocorreu a suspensão dos transplantes, porque ocorreram "dificuldades internas com relação a alguns serviços terceirizados indispensáveis para a realização do procedimento".

Eny Marcos destacou então a necessidade da retomada das cirurgias de transplantes de rins e explicou que se a recomendação não for atendida, será caracterizado “o dolo, má-fé ou ciência da irregularidade, por ação ou omissão, para viabilizar futuras responsabilizações em sede de ação civil pública por ato de improbidade administrativa quando tal elemento subjetivo for exigido”.