Bonfim do Piauí - PI

MPF investiga convênio firmado pelo município de Bonfim do Piauí

Ouvido, na noite desta quarta-feira (11), o prefeito Paulão informou que desconhece a investigação e que o objeto do convênio já foi concluído.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí está investigando irregularidades em convênio firmado pelo Município de Bonfim do Piauí, administrado pelo prefeito Paulo Henrique Viana Pindaiba, mais conhecido como Paulão. A portaria nº 50 foi assinada pelo procurador da República Patrick Áureo Emmanuel da Silva Nilo, no último dia 4 de julho.

O convênio SIAFI nº 766114 foi celebrado com a CODEVASF (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba) para a pavimentação de diversas ruas do município em parelelepípedo.

O procurador considerou serem funções institucionais do Ministério Público promover o inquérito civil e a ação civil pública para a proteção do patrimônio público e social, do meio ambiente e de outros interesses difusos e coletivos.

Outro lado

Ouvido, na noite desta quarta-feira (11), o prefeito Paulão informou que desconhece a investigação e que o objeto do convênio já foi concluído: "Não fui notificado não, e esse convênio com a Codevasf é bem antigo, é de 2013, só que a obra já está 100% concluída, o fiscal andou aqui semana passada. Acredito que o Ministério Público esteja contestando o atraso, porque realmente demorou para ser executado", afirmou.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB