Cristino Castro - PI

MPF investiga irregularidades na gestão do ex-prefeito Valmizinho

A portaria nº 27 foi assinada pelo procurador da República, Humberto de Aguiar Júnior, na última quarta-feira (19).

Raisa Brito
Teresina
- atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí instaurou inquérito civil para investigar irregularidades nas licitações envolvendo abastecimento de veículos, locações de equipamentos e serviços e lavagens de veículos oficiais com recursos do Fundeb no exercício de 2015 da prefeitura de Cristino Castro, na gestão do ex-prefeito Valmir Martins Falcão Filho, o Valmizinho.

A portaria nº 27 foi assinada pelo procurador da República, Humberto de Aguiar Júnior, na última quarta-feira (19).

Segundo o procurador, o Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis, conforme preceitua o art.127, da Constituição.

O procurador determinou que seja expedido ofício ao Tribunal de Contas do Estado, requisitando cópia do processo de prestação de contas da prefeitura de Cristino Castro, exercício 2015.

Outro lado

Procurado pelo GP1, o ex-prefeito Valmizinho não foi localizado para comentar a investigação.